Data de publicação: 03-12-2018 16:05:00 - Última alteração: 03-12-2018 16:12:18

Dia Internacional da Pessoa Com Deficiência

Nova Faculdade
Foto: PMC

Nessa segunda-feira (3), Dia Internacional da Pessoa Com Deficiência, o Centro de Integração Empresa-Escola - CIEE destaca os desafios para encontrar vagas de estágios e aprendizes para esse grupo. Em Contagem, pais de alunos com necessidades especiais lutam por uma educação especializada.

Criada pela Organização das Nações Unidas - ONU, em 1992, o Dia Internacional da Pessoa Com Deficiência busca conscientizar a sociedade para a importância da igualdade de oportunidades a todos os cidadãos. 

Segundo o CIEE, as vagas de estágios e de menores aprendizes para pessoas com necessidades especiais são importantes para promover a inclusão.

“Iniciar uma carreira profissional é um grande desafio para pessoas com deficiência. Muitas empresas ainda não têm programas destinados a essa parcela da população que cada vez mais reivindica esse espaço”, explica Luiz Gustavo Coppola, superintendente Nacional de Atendimento do Centro de Integração Empresa Escola - CIEE.

De acordo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE, existem mais de 45 milhões de pessoas com deficiência no Brasil. Deste total, aproximadamente um quarto destes cidadãos estão aptos para ingressar ao mercado de trabalho. 

Desafios das famílias com necessidades especiais 

Em Contagem, os pais lutam por uma educação de qualidade e especializada capaz de atender crianças e jovens com necessidades especiais.

Em dezembro de 2017, a Escola Municipal Antônio Carlos Lemos foi transformada em um Centro de Atendimento Educacional Especializado. 

Insatisfeitos, vários pais registraram na Ouvidoria Cidadã da Câmara Municipal de Contagem que a documentação da escola consta como fechada. O vereador Arnaldo de Oliveira (PDT), também reclamou da situação da escola. Ele pediu o apoio dos demais vereadores para resolver a questão e o executivo foi questionado.

Após os questionamentos, a Seduc encaminhou um ofício ao Conselho Municipal de Educação solicitando a revogação parcial da Lei que extinguiu a escola. Assim que a lei for revogada, o espaço passará a receber outros estudantes com necessidades especiais matriculados na Rede Municipal de Ensino de Contagem. 

Mas antes o Conselho Municipal de Educação deverá enviar um ofício à Câmara Municipal para o legislativo decidir se o espaço voltará para a pasta da educação. 

Em nota, a Secretaria Municipal de Educação – Seduc informou que não serão interrompidos os atendimentos às 125 pessoas assistidas na Escola Municipal Antônio Carlos Lemos.
Comentários

Charge


Flagrante


Boca no Trombone


Guia Comercial


Enquetes


Previsão do Tempo


Siga-nos:

Endereço: Av. Cardeal Eugênio Pacelli, 1996, Cidade Industrial
Contagem / MG - CEP: 32210-003
Telefone: (31) 2559-3888
E-mail: redacao@diariodecontagem.com.br