Data de publicação: 07-02-2019 16:12:00

Aprendendo com a prática

Itau Power Shopping
Foto: Reprodução internet
 
Alexandre Cézar de Oliveira Melo*
 
O estágio é um programa que permite aos estudantes regularmente matriculados em cursos dos ensinos médio e técnico e da educação superior o desenvolvimento prático das habilidades aprendidas em teoria na sala de aula. No Brasil, existe uma legislação específica que regulamenta o tema e possibilita que o exercício prático da atividade seja realizado no ambiente do trabalho, ou seja, no contexto empresarial.
 
De acordo com a Lei nº 11.788/08, conhecida como Lei do Estágio, o estudante pode estagiar obedecendo a uma carga horária máxima de seis horas por dia e de 30 horas semanais. A atividade é muito popular entre alunos dos cursos técnicos e de graduação, mas matriculados nos cursos de pós-graduação também podem obter experiência em pesquisa.
 
A flexibilidade do estágio oferece à empresa contratante a possibilidade de treinar e testar o estudante sem o compromisso do vínculo empregatício. Mesmo que uma oferta de emprego não aconteça imediatamente, o estagiário que cause impressão favorável pode ser chamado quando ocorrer a abertura de uma vaga. Nesse sentido, o Programa de Estágio acaba sendo utilizado pelas organizações para testar um colaborador antes mesmo de comprometerem-se a contratá-lo.
 
Encontrar um espaço em um mercado de trabalho tão competitivo quanto o atual pode ser um grande desafio, especialmente se o candidato não tiver experiência. Para obtê-la, o estágio pode ser uma grande oportunidade com vários benefícios, como adquirir prática profissional, uma vez que a vivência no ambiente do trabalho que o estágio proporciona é de fundamental importância e não pode ser obtida em sala de aula.
 
Além disso, a exploração do campo de atuação escolhido é uma parte da formação técnica ou universitária. No estágio, os alunos se familiarizam com a área em que estão interessados. Assim, alguns iniciam o curso com uma perspectiva em mente e acabam mudando de ideia mais tarde.
 
De acordo com a legislação vigente, existem dois tipos de estágio: o obrigatório, que não precisa ser remunerado, mas exige o cumprimento das formalidades previstas na matriz curricular e serve como requisito para a conclusão do curso. E o estágio não obrigatório, cuja remuneração é compulsória, mas a realização do mesmo é opcional por parte do aluno.
 
No estágio, o estudante poderá aprender muito em relação aos seus pontos fortes e fracos. O feedback de supervisores e outros colegas na empresa oferece uma oportunidade única de aprendizado, pois o estagiário terá suporte para refletir e aprender com seus erros.
 
Seja qual for o foco, o processo de encontrar a melhor vaga de estágio pode ser desafiador e demorado. O agente de integração, como é o caso do Centro de Integração Empresa-Escola de Minas Gerais (CIEE/MG), facilita a interface entre empresas, instituições de ensino e estudantes com vistas à inserção dos candidatos nas oportunidades de estágio.
 
*Professor, administrador e supervisor de Comunicação e Marketing do CIEE/MG
 
(O conteúdo dos artigos publicados pelo jornal Diário de Contagem é de responsabilidade dos respectivos autores e não expressa a opinião do veículo.)
Comentários

Charge


Flagrante


Boca no Trombone


Guia Comercial


Enquetes


Previsão do Tempo


Siga-nos:

Endereço: Av. Cardeal Eugênio Pacelli, 1996, Cidade Industrial
Contagem / MG - CEP: 32210-003
Telefone: (31) 2559-3888
E-mail: redacao@diariodecontagem.com.br