Data de publicação: 13-02-2016 00:00:00

A Pedreira do Bairro Riacho: Um Criadouro de Aedes Aegypti

O Boticário - Contagem
Foto: PMC
 
A pedreira do bairro Riacho das Pedras, desativada há vários anos, é um verdadeiro criadouro do mosquito Aedes Aegypti, transmissor de doenças como dengue (tipo I, II, III e IV), chicungunha e zika.

Quem já visitou a pedreira, sabe que o fundo do abismo é rochoso, o que propicia a formação de dezenas de “lagos”, que se formam com as chuvas e águas que minam das rochas. 

Além da infiltração, há muito lixo, mato e entulho no abismo, o que torna o ambiente propício para o desenvolvimento do mosquito. Para se ter noção, só nessas últimas semanas, três pessoas em minha casa tiveram dengue e os mosquitos parecem não acabar.  

A Prefeitura de Contagem deveria promover a manutenção e prevenção da proliferação do mosquito Aedes Aegypti na pedreira do Riacho, porque não adianta nada cobrar da população e esquecer das próprias responsabilidades. 

Por: Wasney Ferreira
Comentários

Charge


Flagrante


Boca no Trombone


Guia Comercial


Enquetes


Previsão do Tempo


Siga-nos:

Endereço: Av. Cardeal Eugênio Pacelli, 1996, Cidade Industrial
Contagem / MG - CEP: 32210-003
Telefone: (31) 2559-3888
E-mail: redacao@diariodecontagem.com.br