Data de publicação: 16-04-2016 00:00:00

Passivos e mal representados, povo perdido

Nova Faculdade
Foto: Robson Rodrigues

Infelizmente o povo brasileiro se encontra em uma posição nada confortável. Correndo atrás da própria sobrevivência diante de mais uma crise econômica que muitos acreditavam não ter mais que enfrentar, resta ao povo brasileiro torcer para que o número de votos não seja suficiente para o impeachment da presidente Dilma.

Embora a Dilma mereça passar pela vergonha de ser deposta, tirá-la e deixar o país e os brasileiros nas mãos do PMDB e do PSDB, seria uma insanidade.

Dúvidas

O impeachment será benéfico para o povo? Será a solução para todos os problemas? Quem é mais bandido? A Dilma e a cúpula do PT ou os caciques do PMDB e do PSDB? Pois é, ficaremos nas mãos de um dos dois grupos, Dilma sem vice ou Temer e seu vice, Cunha, ninguém merece.

Crime de responsabilidade realmente existiu a partir do momento que a Dilma desrespeitou a Lei de Responsabilidade Fiscal fazendo manobras contábeis para maquiar as contas com a finalidade única de se reeleger.

Mas como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso usou dos mesmos artifícios econômicos, os crimes da Dilma ficaram apequenados. Um erro não justifica o outro e o rombo nas contas da Petrobrás, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, BNDS, entre outras estatais, agravou a crise política.

Verdades

A Polícia Federal e a justiça têm feito o seu papel de investigar e punir. Os partidos políticos e nós, o povo, temos que reconhecer que o Palácio do Planalto não interferiu nas ações, com exceção quando as investigações chegaram ao ex-presidente Lula.

Lula, desde que saiu do governo só tem atrapalhado o governo Dilma. Ele e o PT se acham a cima da lei e da ordem. Mas a PF e a justiça já conseguiram neutralizá-lo apurando os fatos de corrupção e com a divulgação do submundo da política partidária.

Queremos

Diante de tudo, o que o povo mais quer são soluções que acabem com as crises política e econômica o mais breve possível. Trabalhadores estão perdendo seus empregos, as famílias perdem seus sustentos e os brasileiros lutam para sobreviverem. 

A saúde está um caos, a educação está em risco e a vida ficou ainda mais dura para os mais pobres. A Dengue, Chikungunya e a Zika foram menosprezados pelos governos e agora virou uma epidemia. Tudo isso precisa de medidas emergenciais.

Será que destituir a presidenta e trocar o governo fará com que os problemas se resolvam mais rapidamente? Será que Temer, Cunha e Calheiro estão preocupados com o povo ou com seus respectivos projetos de poder? Até o PSDB anda junto com o PMDB de olho no poder.

Responsabilidade de todos

O povo brasileiro precisa e deve se posicionar. Ficar passivo esperando dias melhores é sinal de incompetência e de falta de consciência política. Quem não gosta de política com certeza será comandado por aqueles que gostam: Temer, Cunha, Calheiro, Aécio e outros oportunistas.

Está em jogo a ordem nacional, a democracia e a vida dos brasileiros. Deputados que tem processos na justiça não deveriam está no congresso, muito menos participar da votação de um impeachment.

Há muito tempo somos prejudicados, mas povo precisa ser o centro das atenções, não os políticos corruptos e inescrupulosos. Quem ganhará com o impeachment? Os políticos que tem seus altos salários garantidos e defendidos por si próprios ou o povo? 

Que Deus nos proteja e nos ensine a votar certo nas próximas eleições. O Congresso Nacional não nos representa, isso é fato.

Por: Robson Rodrigues
 
Comentários

Charge


Flagrante


Boca no Trombone


Guia Comercial


Enquetes


Previsão do Tempo


Siga-nos:

Endereço: Av. Cardeal Eugênio Pacelli, 1996, Cidade Industrial
Contagem / MG - CEP: 32210-003
Telefone: (31) 2559-3888
E-mail: redacao@diariodecontagem.com.br