Data de publicação: 17-05-2007 00:00:00

Contagem comemora o Dia Nacional da Luta Antimanicomial.

Zezinho Salão de Beleza & Estética

Trabalhadores, usuários dos serviços de Saúde Mental do SUS Contagem, familiares e simpatizantes da luta pela humanização do tratamento aos portadores de sofrimento mental comemoram, nos próximos dias 16 e 17 de maio, o Dia Nacional da Luta Antimanicomial.

A data – 18 de maio – foi instituída no Brasil a partir de 1988, como uma forma de marcar a reforma psiquiátrica que teve início no país naquela década. As atividades em Contagem realizam-se antes da data oficial porque no dia 18 todos os municípios encontram-se no evento estadual, realizado em Belo Horizonte.

As atividades do Dia Nacional de Luta Antimanicomial em Contagem serão nos jardins do Centro de Consultas Especializadas Iria Diniz, na Avenida João César de Oliveira, 2.889, no Eldorado. Uma lona de circo abrigará exposição de trabalhos manuais produzidos pelos pacientes nas oficinas terapêuticas dos serviços de saúde mental do município.

Haverá também apresentações culturais de pacientes, como o Grupo Oficina Zum-Zum-Zum de Criação, e outras, como o grupo de Educação pelo Tambor. No dia 17, a partir das 14 horas, o Movimento da Luta Antimanicomial de Contagem ganha as ruas em uma caminhada que segue pela Avenida João César de Oliveira até a Praça Paulo Pinheiro Chagas.
 
Samba-enredo

Neste ano, Contagem estará presente no evento estadual também como autora do samba-enredo da Escola de Samba Liberdade ainda que Tam-Tam, cujo desfile é um dos destaques do 18 de maio em Minas Gerais. A música representou o Centro de Atenção Psicossocial de Contagem no concurso realizado pelo Fórum Mineiro de Saúde Mental e outras entidades para escolha do samba-enredo.

Preparação

Mais de cem pessoas reuniram-se na Casa Azul, no Distrito Sede, no dia 7 de maio, preparando-se para as atividades do Dia Nacional da Luta Antimanicomial em Contagem. Estavam lá usuários e trabalhadores de todas as equipes de PSF e Centros de Saúde do Distrito Sanitário Sede, além de representantes do CAPS Adulto, CAPS Infantil e Centro de Convivência. Muita música, apresentações teatrais e falas emocionadas descortinaram uma forte mobilização em torno não apenas de um evento, mas de um movimento pela inclusão dos diferentes e das diferenças.

Também como atividade preparatória à data nacional da Luta Antimanicomial foi realizada, no Big Shopping, de 4 a 6 de maio, uma mostra de trabalhos produzidos pelos usuários nas oficinas terapêuticas. As peças são vendidas e os recursos retornam para atividades dos próprios usuários.

Serviços

O SUS Contagem possui 15 equipes de Saúde Mental na Atenção Básica (PSFs e Centros de Saúde) e tem três serviços que substituem as internações – o Centro de Atenção Psicossocial Adulto (CAPS), o Centro de Atenção Psicossocial Infanto-juvenil (CAPSi) e o Centro de Convivência. Os CAPS funcionam durante o dia e atendem pacientes em situações de crise, psicóticos e neuróticos graves. Já o Centro de Convivência prepara os usuários para a retomada da sua autonomia, auxiliando-os na sua reinserção social e produtiva.

Fonte: Assessoria de Imprensa Secretaria Municipal de Saúde

 

Comentários

Charge


Flagrante


Boca no Trombone


Guia Comercial


Enquetes


Previsão do Tempo


Siga-nos:

Endereço: Av. Cardeal Eugênio Pacelli, 1996, Cidade Industrial
Contagem / MG - CEP: 32210-003
Telefone: (31) 2559-3888
E-mail: redacao@diariodecontagem.com.br