Data de publicação: 25-01-2019 21:05:00 - Última alteração: 28-01-2019 11:23:27

Mais de 100 pessoas são resgatadas com vida em Brumadinho

Centro de Integração Empresa Escola de Minas Gerais -  CIEE
Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação
 
Em um comunicado divulgado agora há pouco, o Governo de Minas Gerais informou que o governador Romeu Zema (Novo) está na região da tragédia ocorrida em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, acompanhado pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.
 
Conforme informado no texto, dados do Corpo de Bombeiros confirmaram a localização de sete corpos de vítimas ainda não identificadas. Outras nove foram retiradas da lama com vida e cerca de 100 pessoas que estavam ilhadas foram resgatadas.
 
“Segundo dados transmitidos pelo representante da Vale ao governador mineiro, havia 427 pessoas no local, sendo que 279 foram resgatadas vivas. E são cerca de 150 pessoas desaparecidas, no momento, com vinculação à empresa. Bombeiros já solicitaram os nomes dos desaparecidos à empresa”, diz a nota.
 
Busca por sobreviventes
 
No momento, de acordo com o governo do Estado, 100 bombeiros atendem à ocorrência no local e, a partir da madrugada de sábado (26), serão 200. Dezenas de helicópteros do aparato estadual e de outros órgãos também participam dos trabalhos.
 
Um posto de comando foi montado em uma faculdade particular em Brumadinho e será mantido em funcionamento pelos próximos dias.
 
Ainda segundo o comunicado do governo, a Vale anunciou que será criado um número de telefone 0800 para envio de informações sobre desaparecidos na região. Aproximadamente 2 mil pessoas estão sem energia elétrica no município, mas cinco torres de iluminação vão auxiliar nos trabalhos de salvamento nas próximas horas, assegura o texto.
 
Pacientes
 
A Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) também informou, em nota, que o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, na capital, recebeu cinco vítimas do rompimento da barragem: dois homens de 55 anos e três mulheres de 15, 22 e 43 anos.
 
A direção da Fhemig afirmou, ainda, que tomou medidas emergenciais para atender aos feridos vindos de Brumadinho. Para isso, foi acionado o Plano de Atendimento a Múltiplas Vítimas em casos de catástrofes.
 
Além disso, cinco unidades assistenciais estão recebendo pacientes estáveis, transferidos do João XXIII, a fim de aumentar a capacidade de atendimento do pronto-socorro.
 
“Os pacientes e moradores da Casa de Saúde Santa Isabel, situada próxima ao rio Paraopeba, em Betim, já foram deslocados para área segura e estão fora de risco. A Fhemig está alinhada com o Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil e com a Força Tarefa do Governo de Minas mobilizada no local da tragédia”, finaliza o texto.
 
Matérias relacionadas
Associação de Municípios Mineradores ressalta importância de punir responsáveis
Municípios vizinhos a Brumadinho divulgam alertas à população
Rejeito atingiu rio Paraopeba, diz Corpo de Bombeiros
Prefeitura de Contagem envia ajuda a Brumadinho
Barragem da Vale se rompe em Brumadinho
Comentários

Charge


Flagrante


Boca no Trombone


Guia Comercial


Enquetes


Previsão do Tempo


Siga-nos:

Endereço: Av. Cardeal Eugênio Pacelli, 1996, Cidade Industrial
Contagem / MG - CEP: 32210-003
Telefone: (31) 2559-3888
E-mail: redacao@diariodecontagem.com.br