Data de publicação: 01-07-2019 00:12:00 - Última alteração: 01-07-2019 10:34:08

Espetáculo “Cidade Cimento” estreia em Contagem

Nova Faculdade
Foto: Adreaia de Carvalho
 
Espetáculo produzido pelo Grupo Trama de Teatro levanta questões relacionadas à ocupação do espaço público. As apresentações gratuitas acontecem nos dias 5, 6 e 7 de julho, em praças da cidade.
 
A estreia do espetáculo performático “Cidade Cimento”, com direção de Juliana Pautilla e Manu Pessoa, coordenação artística do Grupo Trama de Teatro e atuação do Coletivo Corurbana, levanta questões sobre a ocupação do espaço público e problematiza o processo de urbanização.
 
As apresentações ocorrerão em três espaços públicos da cidade de Contagem, nos seguintes locais e horários:
 
Dia 05 de Julho – 20h30 - Espaço Popular (escadaria da Igreja São Gonçalo) - Centro
Dia 06 de julho – 16h Praça Irmã Maria Paula - Petrolândia
Dia 07 de julho – 16h - Praça da Glória – Eldorado.
 
Com uma hora de duração, as apresentações gratuitas também serão acessíveis em libras.
 
Classificação é livre.
 
Reflexão sobre o espaço urbano
 
A ação artística propõe a ocupação estética de espaços públicos das cidades, sob o ponto de vista de jovens urbanos, como forma de refletir sobre o desenvolvimento destes centros.
 
“Fizemos entrevistas com os moradores da cidade de Contagem e todos eles disseram que ficaram felizes quando chegou o ‘progresso’, quando asfaltaram tudo, mas essa coisa do ‘progresso’ é a mesma coisa que a engessa, que muitas vezes mata a cidade, que traz essa dinâmica de uma cidade que é construída em prol do cimento, em detrimento das pessoas, e a ideia do espetáculo é se apropriar desse cimento”, diz Gabriel Vinícius, do coletivo Corurbana.
 
O Coletivo, formado por jovens atores e atrizes da cidade de Contagem, foi criado a partir do resultado das oficinas de teatro realizadas pelo grupo Trama em 2019.
 
Sinopse:
 
“Cidade Cimento”
 
O cimento é feito a partir da mineração do calcário e misturado ao gesso. O cimento que cobre a cidade é símbolo do progresso. Mas uma cidade é feita de cimento ou de pessoas? De terra ou de concreto? Quantos rios soterrados? Quantas águas engarrafadas das suas nascentes? Que cultura queremos criar como ato símbolo de nossa própria história?
  
Contatos:
 
Produção Grupo Trama: 2515-1580 // 98416-0452
grupotramacomunicacao@gmail.com
Comentários

Charge


Flagrante


Boca no Trombone


Guia Comercial


Enquetes


Previsão do Tempo


Siga-nos:

Endereço: Av. Cardeal Eugênio Pacelli, 1996, Cidade Industrial
Contagem / MG - CEP: 32210-003
Telefone: (31) 2559-3888
E-mail: redacao@diariodecontagem.com.br