Data de publicação: 06-11-2019 17:39:00 - Última alteração: 06-11-2019 17:41:23

Motorista é indiciado por morte de estudante em Contagem

Nova Faculdade
Foto: PCMG/Divulgação
 
O excesso de velocidade e o provável consumo de bebida alcoólica foram as causas determinantes de um acidente que matou uma estudante e feriu outras três pessoas com gravidade em Contagem, em julho deste ano. A conclusão das investigações da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) foi apresentada nesta quarta-feira (6).
 
“As testemunhas chegam a falar que a velocidade aproximada era de 200 km/h, enquanto na via o máximo permitido é 60 km/h”, afirmou o delegado Saulo de Tarso Castro. “Justamente em uma curva, ele perdeu o controle da direção e atingiu um poste de iluminação pública. Isso foi decisivo para a causa dos ferimentos de três vítimas e da morte de um dos ocupantes”, completou, referindo-se ao homem que dirigia o veículo acidentado.
 
Uma das testemunhas do caso – uma das primeiras a chegarem ao local – relatou à polícia que o motorista tirou uma lata de cerveja de uma das portas do carro e a arremessou para longe da cena do acidente. Na sequência, ele tentou subornar a pessoa que presenciou essa cena, oferecendo dinheiro e um celular, para que ela afirmasse que estava na direção.
 
“Por esse motivo, além de ser indiciado por homicídio culposo e qualificado, em razão da embriaguez, e por lesões corporais de natureza culposa, [o suspeito] vai responder por tentar alterar a cena do crime e tentar dificultar o trabalho da polícia”, disse Castro.
 
De acordo com a PCMG, outros dois suspeitos também tentaram atrapalhar as investigações, a fim de ajudarem o condutor do carro. Um deles, inclusive, chegou a alegar que era o motorista no momento da colisão. Um dos ocupantes, no entanto, desmentiu essa versão.
 
Apelo
 
Por meio de carta, a mãe da vítima fatal agradeceu o trabalho da polícia e pediu para que o episódio sirva de exemplo.
 
“Eu, juntamente a toda a minha família, agradeço a 7ª Delegacia de Polícia Civil de Contagem pelo trabalho realizado com excelência na investigação desse trágico acidente. Somos gratos pelo profissionalismo do delegado, do inspetor e de toda a equipe. Agradecemos também a todos que contribuíram de forma indireta durante o processo e, em especial, aos funcionários da Ciretran [Circunscrição Regional de Trânsito] pelo apoio e dedicação à família nesse momento de profunda tristeza. Confiamos nas autoridades de Contagem e esperamos que as demais instâncias tratem o fato com a mesma presteza que a Polícia Civil, que investigou e encaminhou o caso ao Judiciário”, clamou a mãe.
 
Os suspeitos respondem pelos crimes em liberdade. O inquérito foi remetido à Justiça, e o condutor do veículo, denunciado pelo Ministério Público, conforme informado pelo delegado.
Comentários

Charge


Flagrante


Boca no Trombone


Guia Comercial


Enquetes


Previsão do Tempo


Siga-nos:

Endereço: Av. Cardeal Eugênio Pacelli, 1996, Cidade Industrial
Contagem / MG - CEP: 32210-003
Telefone: (31) 2559-3888
E-mail: redacao@diariodecontagem.com.br