Data de publicação: 18-02-2020 23:36:00

Cemig inicia cortes de 92 árvores em Contagem

Contabilidade Eldorado
Fotos: Robson Rodrigues
 
Galeria de fotos
 
Centrais Elétricas de Minas Gerais – Cemig deu início no último sábado (15), a substituição de 92 árvores na avenida Babita Camargos, no Cidade Industrial, por onde passam linhas de distribuição elétrica da empresa.
 
Em nota, a Cemig justificou que a ação tem o objetivo de garantir a segurança da população evitando acidentes.

“As árvores das espécies castanheira e pau ferro chegam a 25 metros de altura e podem colocar em risco a segurança de quem trafega pela região. A avaliação constatou que as árvores estão debilitadas e com estruturas comprometidas”, afirmou a engenheira de meio ambiente da Cemig, Marina Moura de Souza.

A Cemig não apresentou os laudos da avaliação. Mas um funcionário da Florescer Paisagismo e Meio Ambiente, empresa contratada para fazer as supressões, afirmou que maioria das árvores estão saudáveis.

Para conseguirem derrubar os troncos das árvores que chegam a 50 anos de idade, foram necessários vários homens além das motos cerras. Duas podas radicais eram realizadas anualmente antes das árvores serem condenadas pela concessionária de energia elétrica. A população pede a continuidade das podas e a interrupção das supressões.

Prefeitura de Contagem

Os cortes das árvores foram autorizadas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável – Semad. As justificativas apresentadas pela Cemig foram aceitas, mas a decisão não passou pelo Conselho Municipal de Meio Ambiente de Contagem – COMAD já que as espécies não são consideradas em extinção.

“Todas as autorizações concedidas são baseadas em laudos técnicos. A cada árvore cortada, a Cemig deverá plantar outras dez como forma de compensação. Mas diante das críticas da população, vamos rever a autorização e tentar combinar um manejo que cause menos impacto. Vamos tentar também diminuir o número de árvores a serem suprimidas”, afirmou o secretário de Meio Ambiente de Contagem, Wagner Donato (PV).
 
Cemig
 
A engenheira de meio ambiente da Cemig Marina Moura afirmou, na última segunda-feira (17), que estão programadas a supressão de mais dez árvores no próximo sábado (22).
 
Se o secretário Wagner Donato não conseguir rever a autorização, os cortes vão continuar e a região pode ficar árida, mais poluída e com o meio ambiente totalmente modificado.
 
Projeto viário
 
No local acontecem às obras do “Corredor Ressaca”. O asfalto foi renovado e os passeios públicos estão sendo revitalizados. Com isso, outras árvores também podem ser suprimidas. Quando concluídas as obras, o fluxo de veículos deve aumentar. Com menos árvores do canteiro central e das calçadas, o clima local deve ter a qualidade diminuída drasticamente.
 
Comentários

Charge


Flagrante


Boca no Trombone


Guia Comercial


Enquetes


Previsão do Tempo


Siga-nos:

Endereço: Av. Cardeal Eugênio Pacelli, 1996, Cidade Industrial
Contagem / MG - CEP: 32210-003
Telefone: (31) 2559-3888
E-mail: redacao@diariodecontagem.com.br