Data de publicação: 29-06-2020 16:26:00 - Última alteração: 01-07-2020 16:41:55

Adiada a posse do novo ministro da Educação

O Boticário - Contagem
Foto: Sintiefal/Divulgação

A posse do novo ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, foi adiada pelo governo federal, que ainda não divulgou uma nova data para a cerimônia. Depois de serem apontadas inverdades no currículo lattes do titular da pasta, a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) informou que fará uma investigação mais completa sobre o caso.

O governo decidiu fazer uma checagem do currículo de Decotelli depois de o reitor da Universidade Nacional de Rosário, na Argentina, Franco Bartolacci, desmenti-lo. Na plataforma Lattes, constava que o novo ministro tinha um diploma de doutorado pela instituição, mas o reitor negou e disse que ele até iniciou, mas não concluiu o curso.

Após as declarações, Decotelli alterou o currículo, retirando a informação sobre o doutorado na instituição argentina, que teria sido concluído em 2009 com a tese "Gestão de Riscos na Modelagem dos Preços da Soja", orientada por Antonio de Araújo Freitas Júnior.

O trabalho e o nome do orientador foram excluídos. O título foi substituído por "Créditos concluídos", e no espaço "Orientador" foi colocado "Sem defesa de tese".

A Universidade de Wuppertal, na Alemanha, foi outra que desmentiu Decotelli, afirmando que ele não obteve o título de pós-doutorado na instituição. A informação também constava no currículo, mas foi alterada na plataforma Lattes.

A Abin entrou no caso e, agora, tem a missão de investigar o novo ministro da Educação e o currículo dele antes que seja marcada uma nova data para a posse.

Link relacionado
Carlos Decotelli é anunciado como novo ministro da Educação
Comentários

Charge


Flagrante


Boca no Trombone


Guia Comercial


Enquetes


Previsão do Tempo


Siga-nos:

Endereço: Av. Cardeal Eugênio Pacelli, 1996, Cidade Industrial
Contagem / MG - CEP: 32210-003
Telefone: (31) 2559-3888
E-mail: redacao@diariodecontagem.com.br