Data de publicação: 04-07-2022 21:42:00 - Última alteração: 09-07-2022 00:31:17

Belo Horizonte apresenta Mostra Entre Águas e Aventuras

Contabilidade Eldorado
Foto: Ricardo Laf

Uma seleção de 19 filmes com a presença de rios, lagos e oceanos apresenta a água como elemento de destaque nas narrativas da mostra “Entre Águas e Aventuras", que segue até o dia 26 de julho, no Cine Santa Tereza, em BH.

A iniciativa traz histórias marcadas pela aventura, suspense, drama, romance e comédia. A mostra tem entrada gratuita mediante retirada de ingressos no site Disk Ingressos, ou na bilheteria do cinema.

O embate do homem com as forças da natureza nos filmes ambientados no universo marítimo é uma constante em obras clássicas e contemporâneas que ressaltam a fragilidade humana diante do mistério das águas. 

O romance épico de Herman Melville, que retrata a vingança e a perseguição obsessiva de um homem por um gigantesco cachalote branco, foi inspiração para dois títulos presentes na Mostra: “Moby Dick” (1956) e “No Coração do Mar” (2015). 

Já em “O Velho e o Mar” (1958), o diretor John Sturges adapta o romance de Ernest Hemingway, reproduzindo o tenso duelo de vida e morte entre um velho pescador e um animal de tamanho descomunal.

Outro duelo memorável se passa no premiado filme dirigido por Ang Lee, “As Aventuras de Pi” (2012), repleto de estranhos personagens e situações fantásticas, cuja relação de um homem com um tigre, em uma embarcação à deriva, no meio do oceano, assume contornos imprevisíveis.

Nos filmes de guerra e tensões políticas, as águas estão, não raro, inseridas de forma estratégica, refletindo e impactando as ações e percepções dos personagens. O desembarque nas praias da Normandia pelo exército aliado, durante a Segunda Guerra Mundial - o famoso dia D - é o pano de fundo para outra missão: a busca do capitão Miller e de sua equipe para resgatar o único sobrevivente dos quatro irmãos Ryan, no drama de guerra de Steven Spielberg “O Resgate do Soldado Ryan” (1999). 

Já em “Caçada ao Outubro Vermelho” (1990), de John McTiernan, o contexto da Guerra Fria ganha uma expressão imagética potente e asfixiante, com o drama do submarino Outubro Vermelho, no meio do mar e da tensão entre as potências.

O épico de guerra norte-americano “Apocalipse Now” (1979) se tornou um clássico mundial e uma das obras centrais na filmografia do diretor Francis Ford Coppola, ao tematizar uma travessia militar pelo rio Nung, no Vietnã.

Já o diretor australiano Peter Weir, situa a trama do filme “Mestre dos Mares” (2004) no contexto do conflito britânico contra a França de Napoleão Bonaparte, quando um navio de guerra é atacado e seu capitão se sente dividido entre cumprir seu dever, ou salvar sua tripulação, sendo o mar um elemento catalisador de toda a angústia.

Outra vertente representada pela Mostra é a dos filmes de suspense, em que o medo, o susto e a imprevisibilidade da natureza e das pessoas dão a tônica. O elemento água aparece invariavelmente como hostil, ou pelo menos cúmplice, amplificando o desamparo dos personagens, ou facilitando as ações de criminosos, vândalos e falsários. 

Nesta vertente estão: “Terror a Bordo” (1996); “Amargo Pesadelo” (1972); “Rio Selvagem” (1994); “O Talentoso Ripley” (2000); e “Ilha do Medo” (2010).

Também integram a mostra os filmes “Titanic” (1997); “A Casa do Lago” (2006); “A Praia” (2000); “Mar em Fúria” (2000); “Náufrago” (2000); “Noé” (2014); e “A Vida Marinha com Steve Zissou” (2004).

Serviço:

Mostra Entre Águas e Aventuras 

De 1º à  26 de julho
Cine Santa Tereza fica na Rua Estrela do Sul, 89, bairro Santa Tereza – Praça Duque de Caxias, BH
Mais informações no Portal da Prefeitura
Ingressos
 
Comentários

Charge


Flagrante


Boca no Trombone


Guia Comercial


Enquetes


Previsão do Tempo


Siga-nos:

Endereço: Av. Cardeal Eugênio Pacelli, 1996, Cidade Industrial
Contagem / MG - CEP: 32210-003
Telefone: (31) 2559-3888
E-mail: redacao@diariodecontagem.com.br