Data de publicação: 16-04-2013 00:00:00

Via Expressa irrita os motoristas todos os dias

O Boticário - Contagem

Fotos: Érica Braga

CLIQUE AQUI E VEJA AS FOTOS

Este é um apelo dos moradores-condutores de Contagem que suplicam por providências urgentes com relação ao trânsito.

Os moradores de Contagem esperam ansiosos por melhorias no trânsito, principalmente, nas vias de acesso a Cidade, como, por exemplo: na Av. Vereador Joaquim Costa, 1800 - São Sebastião I e na Via PEPSI (na altura do lixão de Contagem e do Parque São João). Temos basicamente 3 pontos de saída de veículos (Via João César de Oliveira, que está em bom estado, Via Palácio dos Leilões/CEASA, trecho em péssima condição e a saída Via Lixão de Contagem (veja sugestões abaixo).

O caminho via Lixão de Contagem, que mais parece o trânsito da Índia, confuso, intenso, onde um carro parece que vai subir em cima do outro. Acreditamos que soluções simples já poderiam ser tomadas para minimizar a falta de recursos, o fluxo de carros (que não vai deixar de aumentar) e a espera por iniciativas de outras competências.

Seguem sugestões:

• Aprofundar mais a alça de retorno – que dá acesso à Via Expressa, logo após a saída do lixão de Contagem, pois se os carros conseguissem entrar mais na alça, com certeza, atrapalhariam menos aqueles que desejam continuar na Via Expressa, sentido Viaduto Beatriz/Betim. Temos um canteiro enorme e teríamos a possibilidade então de aumentar esta alça de retorno/recuo.

• Além disso, gostaria de saber se não seria possível colocarmos um sinal para aqueles que vêm da Via Expressa – logo após a Orteng e outro sinal para aqueles que vêm do sentido Via PEPSI. Desta forma, amenizaria a “torre de babel” ou o “caminho das índias” que vivemos todas as manhãs e todas as tardes para conseguirmos chegar a Via Expressa ou por ela passar. Já colocaram tantos radares e tantos sinais na Via Expressa será que este não seria mais útil?

• Reforçar a pintura das faixas de sinalização na Via Expressa e providenciar outras formas de sinalização, que não existem, inclusive na descida do lixão.

• As mudanças feitas no trânsito no sentido de quem desce do lixão para alcançar a via expressa foram positivas, porém, ao meu ver, faz-se necessário que vez ou outra um carro da Transcon e seus agentes se posicionem naquela descida para tentar educar aqueles motoristas que todos os dias desejam ser “os primeiros da classe” e descem em alta velocidade, em fila dupla e, muitas vezes em fila tripla atingindo a contramão e desrespeitando aqueles motoristas que se conservam na enorme fila, aguardando, pacientemente, a sua vez. A sensação que temos é que os bobos respeitam a fila e os espertos chegam primeiro. Recomendo a fiscalização no local pelo menos no horário entre às 07:00 e 08:00.

• Outra questão, não menos importante, mas que estamos aprendendo a conviver com ela são os buracos, presentes neste trecho e que não deixam de fazer com que o fluxo fique ainda mais lento e aumente o risco de acidentes. Os buracos em Contagem fazem aniversário. Quem sabe a TRANSCON em parceria com a Regional responsável não solucionaria esta questão.

• Obras inacabadas que danificaram a pista e tornam o trânsito ainda mais lento, como exemplo: pista após o posto Pica-Pau (perto da passarela) que está lotada de lama (veja foto abaixo) e trecho após a concessionária Renault. Quem abre os buracos deveria ser responsável por deixar a pista do mesmo jeito que encontrou, pelo menos

• Nem o básico é feito, como por exemplo as capinas periódicas. A exemplo do canteiro na via Expressa (entroncamento Via Pepsi / Via Expressa), onde o mato está muito alto.

• Fiscalização na Via Expressa, pois várias empresas utilizam da via, que deveria ser de trânsito rápido, como estacionamento de veículos, fazendo manobras perigosas (porque não tem espaço em seus pátios) colando em situação de risco os veículos que utilizam a Via expressa com uma velocidade 60, 70 ou 80 km’s e que subitamente têm praticamente que parar (veja foto abaixo).

Como moradores de Contagem e usuários pedimos que a Prefeitura de Contagem, juntamente com a TRANSCON, se sensibilizem com a situação dos condutores que usam as vias em Contagem, principalmente aquelas vias que são os portões de entrada para a nossa Cidade (nosso cartão de visita) e não permitam que esta imagem tão negativa de descuido se perpetue mais. Estamos esperançosos de que alguma providência será tomada, pois desde 2009, tomamos a iniciativa de pedir melhorias e clamamos por mudanças.

Érica Braga

Comentários

Charge


Flagrante


Boca no Trombone


Guia Comercial


Enquetes


Previsão do Tempo


Siga-nos:

Endereço: Av. Cardeal Eugênio Pacelli, 1996, Cidade Industrial
Contagem / MG - CEP: 32210-003
Telefone: (31) 2559-3888
E-mail: redacao@diariodecontagem.com.br