Data de publicação: 14-04-2008 00:00:00

Empresários do transporte procuram soluções para o setor.

Vilela Despachante

Presidente da Tora Transporte, Paulo Sérgio Ribeiro da Silva.

Fotos: Robson Rodrigues

Clique aqui e veja as fotos da reunião

Contagem é um dos grandes pólos dos transportes de carga do país e, por isso, várias reuniões estão sendo feitas para encontrar soluções para os vários problemas que o setor atravessa.

A primeira reunião foi realizada na sede da Acic – Associação Comercial e Industrial de Contagem e a segunda, realizada na última sexta-feira, 11.04, na sede da Tora Transportes.

Marco Aurélio Moreira, presidente da Acic, abriu a reunião com a discussão sobre a proposta apresentada sugerindo a redução do IPVA  para os veículos de cargas e de passageiros como forma de estimular o emplacamento no município de Contagem. A medida visa diminuir a quantidade de veículos de outras regiões que trabalham na cidade e aumentar a arrecadação com o IPVA sobre os veículos emplacados em Contagem.

“O valor do IPVA dos veículos de transportes pesa muito no custo de operação das empresas. Por isso, algumas empresas seguem o exemplo da Gontijo, que emplaca seus veículos em cidades como Curvelo, município que concede 50% de desconto no IPVA”.
“Sugiro que Contagem também conceda descontos no imposto para que os veículos das empresas sediadas no município sejam emplacados aqui mesmo. Com isso, a cidade vai arrecadar mais, poderá gerar mais empregos e renda. Não acredito que a cidade de Curvelo esteja trabalhando na ilegalidade, portanto, Contagem pode fazer algo para resolver essa questão”, disse Marco Aurélio Moreira.

Proposta do executivo

O Secretário de Desenvolvimento Econômico, Luiz Fernando Pereira Mendes, explicou que o IPVA é um repasse de arrecadação e que é inconstitucional o desconto e a isenção do imposto.

“Contagem possui 496 empresas de transportes, mas apenas 40 contribuem positivamente na arrecadação. Por isso, o executivo está estudando conceder benefícios para todo o setor produtivo. As empresas que emplacarem mais veículos, as que comprarem mais no comércio local, as que mais investem em tecnologias, na geração de empregos e em projetos sociais, por exemplo, serão beneficiadas com incentivos fiscais. Queremos contribuir com o crescimento do município e que as empresas sediadas em Contagem sejam beneficiadas”, explicou o secretário Luiz Fernando.

Empresariado

O presidente da Tora Transporte, Paulo Sérgio Ribeiro da Silva, sugeriu que sejam concedidos descontos no ISS municipal como forma de incentivo para quem emplacar seus veículos em Contagem. “Emplacar ou não em Contagem dependerá também das condições oferecidas nos financiamentos dos veículos. Existem cidades que oferecem taxas melhores e com isso atraem o emplacamento”, expôs o empresário, reclamando que a Via Expressa está sendo ocupada por galpões, diminuindo os espaços para as transportadoras.

Domingos de Castro, da empresa Transfenix, concordou com a sugestão do colega da Tora Transporte e pediu mais segurança e mais vias para o transporte de cargas. “Precisamos de providências imediatas para melhorar o fluxo do trânsito nos viadutos próximos ao Carrefour Contagem, que se transformou em um gargalo”, enfatizou.

Olavo Machado, presidente da  Ciemg – Centro Industrial e Empresarial de Minas Gerais, sugeriu que os transportadores não se pautem somente na questão dos impostos, mas também nas condições de trabalho das transportadoras.

Solução sindical

O presidente do Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas do Estado de Minas Gerais, Vander Francisco Costa, disse que existem muitas empresas de transportes urbanos que não emitem notas fiscais e com isso não contribuem.

“É preciso aumentar a fiscalização para que seja aumentada a arrecadação na base, e não na alíquota. Sugiro que o ICMS seja gerado na origem da prestação do serviço de transporte, assim, será beneficiado o município sede das empresas transportadoras. Se conseguirmos essa mudança, Contagem com certeza será bastante beneficiada por abrigar um grande número de transportadoras”, enfatizou Vander Francisco.

A solução apresentada pelo presidente sindical foi elogiada por todos e ficou de ser estudada mais a fundo pelo empresariado e pela administração municipal.

Questões viárias

O Secretário de Desenvolvimento Econômico, Luiz Fernando Pereira Mendes, e o superintendente da Transcon, Herminton Quirino, mostraram, através de mapas de Contagem e Betim, as opções que estão sendo estudadas para desafogar o trânsito pesado da cidade de Contagem.

“Essas soluções pretendem solucionar também o problema da rua Padre Maria de Man, no bairro Riacho III, que sofre com o trânsito pesado e com os riscos de acidentes”, disse Herminton Quirino.

Por: Robson Rodrigues

 

Comentários

Charge


Flagrante


Boca no Trombone


Guia Comercial


Enquetes


Previsão do Tempo


Siga-nos:

Endereço: Av. Cardeal Eugênio Pacelli, 1996, Cidade Industrial
Contagem / MG - CEP: 32210-003
Telefone: (31) 2559-3888
E-mail: redacao@diariodecontagem.com.br