Data de publicação: 25-01-2019 14:00:00 - Última alteração: 28-01-2019 20:25:57

Barragem da Vale se rompe em Brumadinho

Loja da Beth
Foto: WhatsApp/Diário de Contagem
 
Uma barragem da Vale na Mina Feijão, em Brumadinho, na região metropolitana, se rompeu nesta sexta-feira (25). Segundo a mineradora, as primeiras informações indicam que os rejeitos atingiram a área administrativa da companhia e parte da comunidade da Vila Ferteco. 

"A Vale acionou o Corpo de Bombeiros e ativou o seu Plano de Atendimento a Emergências para Barragens. A prioridade total da Vale, neste momento, é preservar e proteger a vida de empregados e de integrantes da comunidade. A companhia vai continuar fornecendo informações assim que confirmadas", afirmou, em nota.

Um funcionário da Vale, que preferiu não ser identificado, disse que centenas de pessoas trabalhavam quando o rompimento da barragem aconteceu e que muitas estavam no refeitório, destruído pela lama.

"A comunidade também foi atingida, mas o dano maior foi para os funcionários. Era horário de almoço e o restaurante estava lotado. Tem muitos amigos meus desaparecidos", lamentou.

De acordo com ele, o plano de ação da empresa foi executado e a sirene, acionada, o que possibilitou que parte dos funcionários se salvasse, mas muitos foram pegos de surpresa. "Porque [a lama] atingiu área de oficina, refeitório, escritório, unidade de saúde, vestiário, rodoviária, instalação, afetou tudo".

Conforme relatado pelo funcionário da Vale, os rejeitos devem chegar ao centro da cidade e ao rio Paraopeba.

 
Mensagens enviadas ao WhatsApp da redação do Diário de Contagem afirmam que há pessoas em meio à lama e falam do temor de moradores e comerciantes da parte baixa do município. Muitos deles estão monitorando a situação do rio e os estabelecimentos fecharam as portas. 

Emissoras de televisão já mostraram vários resgates sendo feitos. Animais que estavam próximos às áreas atingidas também foram vítimas e alguns estão isolados, em meio ao lamaçal.

Providências
 
Em nota, o Governo do Estado informou que uma força-tarefa já está no local do rompimento para acompanhar e tomar as primeiras medidas.
 
“O Corpo de Bombeiros, por meio do Batalhão de Emergências Ambientais, e a Defesa Civil também já estão no local da ocorrência trabalhando e há dois helicópteros sobrevoando a região. O Governo de Minas Gerais já designou a formação de um gabinete estratégico de crise para acompanhar de perto as ações”, diz o texto.
 
A Prefeitura de Brumadinho emitiu um comunicado urgente alertando a população para manter distância do leito do rio Paraopeba.

Por precaução, o Instituto Inhotim, que fica em Brumadinho, foi evacuado.

Comentários

Charge


Flagrante


Boca no Trombone


Guia Comercial


Enquetes


Previsão do Tempo


Siga-nos:

Endereço: Av. Cardeal Eugênio Pacelli, 1996, Cidade Industrial
Contagem / MG - CEP: 32210-003
Telefone: (31) 2559-3888
E-mail: redacao@diariodecontagem.com.br