Data de publicação: 21-05-2019 16:15:00 - Última alteração: 21-05-2019 16:18:46

Conta de luz fica 6,93% mais cara em Minas Gerais

O Boticário - Contagem
Foto: Internet/Reprodução
 
A tarifa de energia elétrica vai pesar mais no bolso dos consumidores de Minas Gerais, a partir da próxima terça-feira (28), já que clientes residenciais pagarão 6,93% mais caro pelo serviço, conforme anunciado pela Agência Nacional de Energia Elétrica em reunião pública ordinária, nesta terça-feira (21).
 
A justificativa para o aumento foi a escassez de chuvas em 2018, o que levou ao acionamento frequente das usinas termelétricas – sobretudo no segundo semestre do ano –, que são mais dispendiosas na produção de energia elétrica.
 
Segundo o gerente de Tarifas da Cemig, Giordano Bruno Braz de Pinho Matos, a medida gerou uma despesa extra de R$ 1,5 bilhão para garantir o fornecimento de energia aos consumidores do Estado até fevereiro último.
 
 “As datas de leitura das contas de energia são distribuídas ao longo do mês. Assim, em junho, os consumidores pagarão uma parte do consumo ocorrido antes de 28 de maio, ainda conforme a tarifa antiga, e a outra parcela do consumo já com o reajuste da tarifa”, disse Matos.
 
De acordo com a Cemig, 78% do valor cobrado na tarifa são destinados a encargos setoriais (13%), tributos (30%), energia comprada (29%) e encargos de transmissão (6%), enquanto 22% ficam na companhia.
Comentários

Charge


Flagrante


Boca no Trombone


Guia Comercial


Enquetes


Previsão do Tempo


Siga-nos:

Endereço: Av. Cardeal Eugênio Pacelli, 1996, Cidade Industrial
Contagem / MG - CEP: 32210-003
Telefone: (31) 2559-3888
E-mail: redacao@diariodecontagem.com.br