Data de publicação: 08-02-2019 16:48:00 - Última alteração: 11-02-2019 16:56:53

Evacuações em áreas próximas a barragens foram preventivas

Espaço Sorrir Odontologia Integrada
Foto: Google Maps
 
Agência Brasil
 
A ArcelorMittal Mineração informou nesta sexta-feira (8) que a evacuação de uma comunidade próximo à barragem de rejeitos Serra Azul, em Itatiaiuçu, na região Central de Minas Gerais, foi feita como medida de precaução. Cerca de 200 pessoas foram retiradas do local. A ação, segundo a empresa, decorre de “inspeção e auditoria minuciosas” da barragem, realizadas após recentes incidentes no setor de mineração no Brasil.
 
“Empregando uma metodologia mais conservadora, a auditoria independente responsável pela declaração de estabilidade revisou o último relatório e adotou para a barragem um fator de segurança mais restritivo”, informou a ArcelorMittal, por meio de nota. A avaliação, segundo a mineradora, incluiu testes de estresse feitos na barragem a partir de dados e aprendizado decorrentes dos eventos na barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho.
 
Ainda de acordo com o comunicado, com base na variação do fator de segurança, a decisão tomada foi de retirar todos os moradores para que testes adicionais sejam realizados e medidas de mitigação sejam implementadas. O trajeto a ser seguido pelo fluxo em caso de colapso da barragem, avaliado quando a barragem estava ativa, era de aproximadamente 4 a 5 quilômetros (km).
 
“Esta é uma medida puramente de precaução, visto que a comunidade se situa a 5 km de distância da barragem. A empresa concluiu que não se pode correr absolutamente nenhum risco, e que, apesar do transtorno para a comunidade, esta é a decisão correta”.
 
A comunidade está sendo transferida para acomodações temporárias. Os moradores, segundo a mineradora, devem permanecer acomodados neste novo local enquanto testes adicionais estão em andamento e até que a segurança da barragem de rejeitos possa ser "100% garantida".
 
A mina de Serra Azul produz 1,2 milhão de toneladas de concentrado e minério granulado. A barragem de rejeitos, do tipo à montante, está desativada, de acordo com a ArcelorMittal, desde outubro de 2012. É a única do tipo à montante – mesmo modelo da que se rompeu em Brumadinho – dentre as barragens da empresa.
 
Situação semelhante
 
A mineradora Vale também informou nesta sexta-feira que a evacuação de uma área próxima à barragem Sul Superior da mina Gongo Soco (foto), em Barão de Cocais, na região Central, foi feita de forma preventiva, depois que a empresa de consultoria Walm negou a Declaração de Condição de Estabilidade à estrutura.
 
Por meio de nota, a empresa destacou que a determinação de evacuação foi feita pela Agência Nacional de Mineração (ANM) após ser informada pela própria Vale que a mineradora estaria dando início ao nível 1 do Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração.
 
A ação teve início na madrugada e afetou cerca de 500 pessoas nas comunidades de Socorro, Tabuleiro e Piteiras, todas situadas em Barão de Cocais, distante 100 quilômetros de Belo Horizonte.
 
“Como medida de segurança, a Vale está intensificando as inspeções da barragem Sul Superior. Também será implantado equipamento com capacidade de detectar movimentações milimétricas na estrutura. A Vale está trazendo consultores internacionais para fazer nova avaliação da situação no próximo domingo (10)”.
 
Matérias relacionadas
Lista de vítimas identificadas da tragédia de Brumadinho é atualizada
Buscas por vítimas do rompimento da barragem chegam ao 14º dia
Número de mortos em Brumadinho chega a 150; 182 estão desaparecidos
Polícia Militar prende seis pessoas em Brumadinho
Tragédia em Brumadinho ainda tem 199 desaparecidos
Vídeo mostra onda de lama após rompimento de barragem em Brumadinho
Agentes fazem cerimônia em homenagem às vítimas da barragem da Vale
Amostras de 108 famílias são coletadas para exames de DNA
Missa de sétimo dia será celebrada pelas vítimas de Brumadinho
Chega a 99 número de mortos em Brumadinho
Defesa Civil divulga lista de locais seguros em caso de evacuação
Funcionários da Vale Brumadinho não batiam cartão de ponto
Sobe para 60 número de mortos em tragédia de Brumadinho
Mais de 100 pessoas são resgatadas com vida em Brumadinho
Associação de Municípios Mineradores ressalta importância de punir responsáveis
Municípios vizinhos a Brumadinho divulgam alertas à população
Rejeito atingiu rio Paraopeba, diz Corpo de Bombeiros
Prefeitura de Contagem envia ajuda a Brumadinho
Barragem da Vale se rompe em Brumadinho
Comentários

Charge


Flagrante


Boca no Trombone


Guia Comercial


Enquetes


Previsão do Tempo


Siga-nos:

Endereço: Av. Cardeal Eugênio Pacelli, 1996, Cidade Industrial
Contagem / MG - CEP: 32210-003
Telefone: (31) 2559-3888
E-mail: redacao@diariodecontagem.com.br